Uma Nova Civilização

CAPA-CIENCIA-E-REDENCAO

O homem sobreviverá às comoções do início do novo milênio e edificará na Terra uma nova civilização, demarcada pela paz. Com sua bondade dilatada, ele fundará uma sociedade equânime e próspera, pronta a atender as necessidades de todos os filhos do planeta, eliminando definitivamente a fome, a miséria e a guerra das paisagens terrenas.

Sob a bandeira do amor ao semelhante, será, finalmente, implantado na Terra o esperado Estado orgânico. Nesse novo Estado social, cada indivíduo comportar-se-á como uma célula, e o Estado será seu organismo. Desse modo, rompendo a secular inimizade do homem pela coletividade, indivíduo e Estado viverão sob o regime de mútua colaboração. Cada célula humana doará o máximo de si em benefício do organismo social em que vive. Este, por sua vez, tudo fará para amparar e propiciar o desenvolvimento pleno de cada unidade individual. Fundamentado na mútua confiança e no colaboracionismo, o novo Estado apoiar-se-á no amor como sua pedra angular e instituirá o Sermão do Monte como sua carta magna, pronta a reger todas as suas interrelações sociais.

Os antagonismos entre países irmãos deixarão de existir, e haverá de fato uma só nação na Terra, sob a égide de um só pastor: o Cristo de Deus, nosso Redentor.

O trabalho nessa nova sociedade será doação amorosa do indivíduo em prol do bem comum. O regime de explorações e coerções próprio do sistema atual será banido das relações trabalhistas. Todos encontrarão, nesse novo Estado orgânico, plenas condições de desenvolvimento de habilidades, a retornar em múltiplos benefícios para a coletividade. O roubo será naturalmente extinto pela prática da mais absoluta honestidade, a qual brotará espontânea e impreterível como ética de vida para os concidadãos. A propriedade, no entanto, será bem coletivo, pronta a favorecer benefícios para todos, fazendo das riquezas da Terra um patrimônio de direito comum, não por imposição de armas, mas livre adesão ao socialismo cristão. Assim, não haverá mais ricos e pobres, excessos ou privações, fastio ou fome, pois todos saberão compartilhar com a coletividade seu natural direito à propriedade.

Os chefes, nesse novo Estado, caracterizarão aqueles dotados não só de reconhecidas habilidades na condução dos povos, mas igualmente, donos de qualidades que os façam destacar do homem comum. Uma aristocracia espiritual sustentada pela capacidade de amar e pelas virtudes de real sabedoria impor-se-á pela força natural do mérito, na direção da comunidade. Portanto o governante dessa nova sociedade orgânica será eleito pelas suas qualidades e não por tergiversações, escusos favoritismos ou mero populismo como hoje se dá nas nações terrenas.

A arte, elevada à sua máxima expressão, será chamada divina, antecipando ao homem do futuro as belezas do Paraíso. A música, em harmonias sublimes e inimagináveis, alcançará excelsitudes celestiais. A cultura abrirá ao espírito o conhecimento do Absoluto. A literatura falará ao coração humano das emoções da angelitude. E a ciência, enfim, alimentada por espiritualidade superior, desvendará os segredos últimos de Deus e do Universo, auxiliando o homem a unir-se à sua Essência.

O materialismo será definitivamente extinto dos anais epistemológicos, substituído pelas luzes do espiritualismo de cunho cristão. O homem descobrirá finalmente o espírito, sob critérios científicos, e estudará com o escrutínio da ciência o mundo espiritual em que residimos. A morte será vencida e o conhecimento da Eternidade far-se-á irretorquível consolo para toda a humanidade.

Pelo poder da fé, o homem removerá as montanhas da revolta e da ignorância que, em todos os tempos, obstaculizaram-lhe a caminhada rumo ao bem supremo. O Evangelho será resgatado como conhecimento de valor científico, e o Cristo ver-se-á elevado ao patamar de Governador do mundo.

Enfim, vencida a etapa regeneradora da evolução humana, o espírito alcançará as portas do Paraíso, pronto a reassumir seu posto na hierarquia angelical do Reino divino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s