Saltos Evolutivos

CAPA-CIENCIA-E-REDENCAO

No superconsciente encontra-se ainda o repositório de soluções para todos os problemas que afligem o ser em sua longa excursão ascensional. Ele está pleno de recursos criativos que dotam o espírito de órgãos sempre mais apropriados ao desenvolvimento das habilidades adormecidas em seus refolhos, aguardando oportunidades para se realizarem nas variegadas dimensões da evolução. Por isso, a evolução não tateia possibilidades, apresentam-nas, porém, já prontas para os grandes desafios que a vida a todos impõe. Evoluir, portanto, nada mais é que mergulhar nas possibilidades de um futuro que já está devidamente preparado, esboçado nos painéis interiores do ser eterno.

Embora dadivosa, a providência divina, responsável pelas aquisições do futuro, não as oferta gratuitamente ao ser, mas exige-lhe o empenho em sua posse, para então brindá-lo com a merecida conquista.

Por isso, o esforço próprio é condição prioritária e indispensável ao labor evolutivo.

O fato, no entanto, leva-nos a considerar que a evolução caminha, na verdade, aos grandes saltos e não por gradual progressão, como entenderam muitos de seus estudiosos. O gradualismo evolutivo existe apenas nos reduzidos limites da necessária adaptação às condições do ambiente. Para ir adiante, no entanto, não basta a adaptação gradual, faz-se preciso ultrapassar as fronteiras das possibilidades, empreendendo verdadeiros saltos evolutivos.

Acenando como um convite aos audaciosos, esses saltos evolutivos acham-se já patenteados nos limiares do superconsciente, o qual intimamente conduz o progresso. Basta o empenho do ser na aquisição de melhorias para que as conquiste como sua merecida vitória. A sabedoria da vida, patente na evolução, atira-se em auxílio a estes que avançam, predispondo-os à inteligente construção de novos e revolucionários modelos que os dotarão de melhores recursos para a superação de seus desafios. Desse modo é que surgem paulatinamente na evolução novas espécies, as quais já comparecem na arena da vida com diferenciados órgãos mais bem preparados para o desempenho de novas funções, demonstrando-se a presença de patente sabedoria em suas complexas elaborações.

Eis por que não há registros fósseis perfeitamente intermediários às diversas espécies delineadas na esteira do desenvolvimento. Os famosos elos perdidos não existiram de fato, pois os seres que vão à frente já se apresentam na liça carnal com soluções definitivas e devidamente preparadas para a superação dos obstáculos naturais que a vida lhes impõe. As tão propaladas mutações biológicas são movimentos completos e perfeitamente coordenados por inteligência superior, jamais produtos do acaso. Surgem já prontas no palco da vida, pois do contrário o ser que as portasse incompletas não poderia sobreviver e transmitir à prole suas conquistas.

A evolução então não caminha às cegas, como julga a ciência do mundo. Embora por vezes ela tateie possibilidades e, não se pode negar, acidentes ocorram em seu percurso, em decorrência da ignorância que passou a mover o espírito que caiu, a natureza sabe muito bem por onde deve seguir, a fim de conduzir todos os seres às culminâncias da perfeição.

Faz-se então imprescindível admitir que os saltos evolutivos integram a jornada ascensional, fazendo-se seu mais expressivo fator de progresso, sem os quais não seria possível o avanço do espírito. Logo, evidencia-se para nós que a linha do desenvolvimento passa por períodos de lenta estagnação, nos quais o ser se demora na vivência das conquistas já sedimentadas, para então romper periodicamente em pulsos verdadeiramente revolucionários, plenos de novos e premeditados recursos, os quais quebram a aparente quietude fenomênica do gradualismo adaptativo.

Desse modo estamos postulando que a evolução constitui-se de vagarosos impulsos adaptativos, entrecortados por aparições abruptas e já completas, dotadas de inteligentes criatividades. E assim, adaptações lentas e criações súbitas alternam-se na mecânica evolutiva, produzindo diferenciados órgãos e novas espécies, favorecendo aos espíritos mais rapidamente ganharem os patamares superiores da vida.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s