O Fim da Jornada Evolutiva

CAPA-CIENCIA-E-REDENCAO

Resta-nos, afinal, a importante interrogação: será interminável o périplo evolutivo? Aonde ele nos levará? Seu fim será a perfeição relativa, jamais a absoluta, como querem muitos?

Consolemo-nos, irmãos, hoje estamos absolutamente seguros de que nossa senda ascensional encontrará seu fim. Por determinismo da Lei, experimentaremos os inexoráveis e periódicos movimentos cíclicos de retrocessos e avanços característicos do nosso progresso até que, alcançando seus cimos, estabilizar-nos-emos na plenitude do espírito, no seio imaculado de Deus. Atingindo a perfeição divina com a qual fomos criados, nada mais será possível agregar à bagagem que herdamos do Pai. E então a evolução findar-se-á, para consolo de nossas almas.

O próprio palco relativista da evolução, constituído por mantos de espaço, urdidos pelos fios do tempo, como um construto da queda, está demarcado por irrevogável transitoriedade. Como um dia nasceu, um dia  também morrerá, por força de Lei. Apenas o que foi criado fora do tempo está impregnado da real Eternidade.

Portanto unicamente as edificações do Absoluto destinam-se à perenidade, jamais as do Relativo.

A compreensão de nosso drama de origem mostra-nos agora outra face da evolução, levando-nos a entender que ela está inexoravelmente encerrada nos limites da própria queda. Como caminho de volta, ela se inicia com a retirada do ser do Seio divino e termina com seu retorno definitivo ao Lar paterno. Elucida-se então que a evolução é movimento provisório, fechado na enxovia do tempo e contido nos grilhões do espaço. Ao findar-se a corrente cronológica que nos impulsiona e morrer a planície espacial que nos contém, a matéria será completamente absorvida pelo espírito, extinguindo-se igualmente a pulsão evolutiva.

Uma vez que o Reino de Deus, para onde a evolução nos conduz, não está sujeito ao progresso por ser a perfeição absoluta de todos os seus valores e atributos, a evolução estancará seu fluxo, pois não haverá mais lugar algum a nos levar. Terminaremos, assim, como Filhos de Deus, deuses portanto, genuínos herdeiros da divindade. Plenamente integrados no campo divino, viveremos na Vida eterna, estacionados na plenipotência de todos os valores que o Pai nos confiou.

Que belo consolo! Nossa progressão não será infinita. Nossa estafante ascensão findar-se-á e terminaremos ungidos na Unidade divina, refeitos na gloriosa Eternidade.

Felizmente não viveremos para sempre apartados do amplexo divino. Nascemos no Absoluto, somos filhos do Absoluto, portanto é fatal nosso pleno retorno ao Absoluto. A prova maior a corroborar-nos essa hipótese reside justamente nas lições da Boa-Nova. Segundo as afirmações de nosso Mestre, seremos tão perfeitos quanto perfeito é nosso Pai, e “no último dia”, pelo poder do Salvador, ressuscitaremos no Reino de Deus como espíritos puros, prontos a viver a eterna Glória21. Tornar-nos-emos um com o Pai, sedimentados na perfeita unidade, como nos prometeu o Cristo22. A palavra da verdade, proferida pelo divino Mestre e que ressoa na acústica dos séculos, é poderosa o bastante para convencer-nos de que nos fundiremos um dia, completamente, ao Amor divino, sem perder, no entanto, nossa individualidade.

E então compreendemos que a Morada eterna que Jesus foi preparar-nos, e que muitos aqui aguardavam, acha-se exatamente nos campos imponderáveis do Absoluto, fora do tempo e do espaço. Edificada nos moldes da atemporalidade e da não espacialidade, somente a encontraremos muito além da linha da evolução, onde vive em plenitude o divino Amigo. Alegremo-nos, irmãos, alcançaremos a Redenção final, e tornar-nos-emos Filhos do Altíssimo, uma vez que fomos criados como legítimos deuses!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s