O processo criador

du

Procuremos agora a compreensão da natureza íntima do chamado processo criador, até mesmo no seu caso máximo, em Deus, do Qual, embora a incomensurável distância, o homem busca imitar a ação, no seio do mesmo sistema e seguindo o mesmo esquema.

A matéria prima da criação, é uma eterna e indestrutível substância de natureza pensante, isto é, que possui, como atributos fundamentais, a inteligência e o conhecimento. Este é o estado originário de que derivou o universo, da mente de Deus, como qualquer obra humana deriva da mente do homem.

Qual é o estado do Todo antes da criação?

Por Todo devemos entender Deus, porque nada pode existir além Dele.

O Todo estava, pois, num estado de quietude, o estado em que o homem se encontra antes de empreender qualquer realização. Este é o estado contemplativo, da concepção, sem forma ou expressão ainda, um estado abstrato, feito de puro pensamento. Nele apenas se desenha a ideia-mãe, o esquema ou modelo da forma, no qual esta poderá depois configurar-se, refletindo-se, desde o primeiro impulso conceptual, em uma infinidade de exemplares. Esta é a primeira fase da gênese, a conceptual, a que se denomina de concepção. Nesta fase, a criação ainda não nasceu, está somente concebida.

Como nascerá ela?

Passamos agora para a segunda fase, para o segundo momento do processo criador. Até este ponto, a eterna substância pensante do Todo permanente ainda no estado de quietude, imóvel, sem nada ter retirado de si, isto é, sem haver manifestado as suas possibilidades cinéticas, nela jacentes em estado de latência.

É uma das qualidades fundamentais inerentes à natureza da eterna substância pensante que, constitui o Todo, a de poder transformar, passando com isto ao estado atual, as qualidades antes adormentadas, latentes no estado de quietação.

Este puro pensamento, existente, não no momento do princípio, mas antes dele, representava o caso máximo do princípio da semente ou germe, esquema segundo o qual continuou depois, continua e continuará a gerar-se o universo após a primeira gênese criadora.

Sabemos que este é um sistema ecoante, de repetições de ações e de esquemas.

Neste estado de pensamento puro existia, pois, em germe a possibilidade latente de todos os futuros desenvolvimentos quais existiram, existem e existirão.

Inicia-se, então, a segunda fase do processo criador.

A substância pensante do Todo desenvolve no íntimo as suas qualidades cinéticas, retirando-as do estado latente para o atual. Em outros termos, após a fase de concepção abstrata, de formulação espiritual dos esquemas que deverão depois guiar, a ação, esta se inicia e, com isto, a ideia, a princípio apenas abstrata, começa a realizar-se, configurando-se na forma. Esta é filha do movimento.

Que outra coisa exprime o verbo em nossa psicologia corrente, senão uma ideia abstrata que se põe em movimento, rumo à sua atuação?

Quando dizemos verbo, dizemos ação, que é a segunda fase, a de agir, que presume a primeira, a de idealização. Quando falamos: “eu olho, eu falo, eu vou, eu trabalho”, executamos a transformação que vai da primeira à segunda fase, passando do estado imóvel da concepção ao cinético da ação. Este último está ligado ao primeiro como uma sua consequência.

Ele é o mesmo ato em um segundo aspecto. Representa um segundo modo de ser, uma transformação em que desenvolve aquilo que antes estava latente, em quietação, pondo-se em movimento.

A substância pensante do Todo continha já em si estes impulsos, que, uma vez lançados pelo primeiro motor, vemos transmitir-se em nosso mundo, segundo os princípios da dinâmica.

Livro: Deus e Universo

http://www.ebookespirita.org/PietroUbaldi/DeuseUniverso.pdf

Faça seu comentário e participe de nosso grupo de estudos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s