Após recepção das mensagens em Pedro Leopoldo

gm1

No momento depois da recepção das men­sagens, de “Sua Voz” e de Francisco de Assis, era propício às reve­lações dos espíritos através de Chico, em que o fenômeno mediú­nico se evidenciou com toda a sua autenticidade.

Após a recepção e leitura dos dois luminosos documen­tos, como de hábito, Chico passa a descrever, em sua encantadora simplicidade, os acontecimentos por ele percebidos no ambiente psíquico que se formara durante os serviços espirituais da noite.

Esse momento é assim descrito pelo Prof. J. A. Pessa­nha, um dos presentes: Após a leitura, o querido médium brasilei­ro relatou o que foram para ele os instantes extraordinários que acabara de viver. Não podia individualizar: era uma grande luz que descia do Alto sobre o recinto. Sentiu-se transportado em espírito para muito longe e, nesse voo, contempla na Itália distante o túmulo de São Francisco, em Assis, junto ao qual vê o Prof. Ubal­di despedir-se, antes de sua viagem ao Brasil, do seu grande ami­go: o “Poverello” de Assis.

Este fato real — depois narrado pelo próprio Prof. Ubaldi em carta aos amigos brasileiros — era ainda desconhecido de F. C. Xavier e então, só do conhecimento do Prof. Clóvis Tavares, em virtude de sua correspondência particular com o Missionário da Umbria.

Quero confirmar que, dessa visita do Prof. Ubaldi ao tú­mulo do Santo de Assis, captada psicometricamente pelo nosso Chi­co, ainda guardo alguns “souvenirs” que me foram carinhosamente presenteados pelo grande amigo italiano. Tudo maravilhosamente exato e exatissimamente confirmado.

Agora, alguns aspectos de xenoglossia, através da límpida clarividência do médium Xavier.

Declara o sensitivo mineiro que dele se aproximou uma Entidade Espiritual, revelando chamar-se Lavínia e haver sido mãe do Prof. Ubaldi. Abraçou o filho, carinhosamente, dizendo:

Para Cristo ele é um Apóstolo, mas para mim será sempre o meu “bambino”. E entre expressões afetuosas chamou-lhe: “Mio garo­fanino”.

O Prof. Ubaldi, muito feliz e muito comovido, sentindo, igualmente, a presença maternal, comprova tudo, declarando que era com esse “vezzeggiativo” que sua Mãezinha o apelidava ternamen­te, quando pequenino, “mio garofanino”: “meu pequeno cravo”.

Chico assinalou ainda a presença do filho do Professor, morto na Segunda Guerra mundial, na batalha de Tobruk, no Nor­te da África, — o jovem Franco Ubaldi.

Finalmente, um fato ainda mais interessante, se é possível assim dizer. Chico registra a presença de uma irmã do Prof. Pietro, já desencarnada, que veio em companhia de D. Lavínia Alleori Ubaldi e de Franco, seu filho. Afirma ela chamar-se Maria. E aí que sobrevêm algo de duvidoso e inédito, mas que veio a tor­nar-se um fato probatório extraordinário. O Professor declara, humildemente, que, de fato, tem uma irmã chamada Maria, mas ainda viva, na Itália, — Maria Ubaldi Papparelli…

Um momento abalador, de hesitação geral, de ansiedade, quase de choque, ante o insólito acontecimento. Mas, foi questão de segundos, de brevíssimos segundos: o Espírito Maria esclarece ao Professor, através de Chico, afirmando que ela fora também sua irmã, homônima da que estava viva na Itália, havendo morrido há muito tempo, quando Pietro Ubaldi estava ainda por nascer…

O Professor, então maravilhado, confessa que só agora, após a eluci­dação espiritual, recordava que, de fato, sabia haver tido uma ir­mã, que não chegara a conhecer pessoalmente, também chamada Maria, tal qual a que ainda se acha encarnada na Europa…

Foi uma prova realmente maravilhosa, singularíssima, da verdadeira sobrevivência espiritual.

Livro: Grandes Mensagens

http://www.ebookespirita.org/PietroUbaldi/GrandesMensagens.pdf

Faça seu comentário e participe de nosso grupo de estudos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s